Blanc Beige et Noir - Coleção 2020/21 da Elles pour Elise

Blanc, Beige et Noir … Branco, Bege e Preto

A nova coleção da ELLES, Blanc, Beige et Noir, mostra o poder das cores neutras e muita versatilidade nos acessórios, tendo como inspiração as parisienses e a moda, a arte e a arquitetura de Paris.

La créatrice Elise Feiber, a criadora das peças da ELLES, adora os tons neutros. “Acredito que podemos ousar nos adornos quando a cor predominante é neutra, seja nos acessórios do corpo, nos objetos de decoração, nos detalhes da arquitetura”, diz a designer. “Há uma riqueza infinita nas criações e técnicas manuais em todos estes quesitos”. 

Elise adora sentar-se nos cafés de Paris e ficar apreciando a cor beige par tout… – bege por tudo. “Acho chique, lindo e não me canso porque ela, a cidade, não cansa. Fico horas contemplando a beleza dessa cor e da minha cidade preferida”.  

São mais de vinte anos andando pelas ruas de Paris, observando e amando cada detalhe – calçadas, árcades, mosaicos, ladrilho e telhados; pessoas e obras de arte; escadas curvas, com corrimões em latão ou madeira vergada, sacadas, portas, grades e aldrabas; lanternas, arandelas e luminárias – e garimpando nos brocantes.

“Sou encantada pela rusticidade das madeiras antigas contrapondo-se às mais modernas, pelos concretos sóbrios, pelos balaústres irregulares e desgastados, pelas mesas e cadeiras – marca registrada de Paris – dos bares e cafés”.

Inspirando-se nessas vivências, Elise criou a coleção B. B et Noir a partir das cores neutras tão presentes na arquitetura de Paris e nas roupas fluidas e sobrepostas das parisienses, com o seu vestir-se à lá Parisienne – bolsa antiga (it bag), suéter de cashmere, calça jeans, tênis ou botas vintage – que foge de tudo o que é exagerado e chamativo.

A parisiense, em primeiro lugar, quer ficar elegante – naturalmente elegante. Para ela, o menos é mais – less is more. Adora descobrir novas grifes, principalmente as criativas e acessíveis. Seu charme também está nisso: não liga para a moda, embora sempre use um detalhe para provar que domina as tendências e vale-se delas com critério. Ela respira, enfim, o l’air des temps.

WhatsApp chat